Marilyn Manson diz que acusações de estupro e tortura feitas por Esmé Bianco são falsas

Redação 89

Marilyn Manson diz que acusações de estupro e tortura feitas por Esmé Bianco são falsas imagem divulgação

Marilyn Manson respondeu através de seu advogado ao processo movido contra ele pela atriz Esmé Bianco. Na última sexta-feira, 30 de abril, Bianco entrou com uma ação contra Manson em um tribunal da Califórnia, alegando que ela foi drogada, torturada e estuprada por Manson durante incidentes ocorridos entre 2009 e 2011 (AQUI).

Além dessas acusações, a atriz também alegou que Manson havia cometido tráfico humano quando a levou para Londres, Inglaterra, para uma filmagem abusiva para um clipe que nunca foi lançado. O agora ex-empresário de Manson, Tony Ciulla, também foi nomeado nesse processo. Bianco está buscando danos não especificados com essa ação na justiça.

De acordo com o site ThePRP.Com, em um comunicado emitido à Associated Press neste sábado 1º de maio, o advogado de Manson, Howard E. King, respondeu ao processo de Bianco dizendo: “Essas alegações são comprovadamente falsas. Para ser claro, este processo só teve andamento depois que meu cliente se recusou a ser extorquido pela Sra. Bianco e seu advogado e ceder às suas exigências financeiras ultrajantes baseadas em condutas que simplesmente nunca ocorreram”.

No começo de 2021, várias mulheres disseram ter sido vítimas de violência sexual de Marilyn Manson, que nega todas as acusações. Este é primeiro dos casos a chegar à Justiça. No entanto, o cantor é investigado pela polícia de Los Angeles pela acusação de ter abusado da sua ex-namorada, a atriz Evan Rachel Wood.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS