Aerosmith: álbum “Get a Grip” completa 28 anos

Redação 89

Aerosmith: álbum “Get a Grip” completa 28 anos imagem divulgação

Há exatos 28 anos, em 20 de abril de 1993, o Aerosmith lançava Get a Grip, seu décimo primeiro álbum de estúdio. Ele foi o último trabalho da banda a ser lançado pela Geffen Records, que planejava seu lançamento para 1992, mas os planos foram por água abaixo quando o executivo John Kalodner ouviu o disco e achou que faltava um apelo comercial.

Isso fez com que a banda tivesse que refazer quase todo o trabalho para a inclusão de colaboradores. O resultado disso é um álbum requintado com diversos hits, convidados especiais e uma lista de músicas registradas em suas sessões de gravação que até hoje foge de um número exato.

Pra se ter uma ideia do requinte, Get a Grip contou com Don Henley, do Eagles, fazendo backing vocals em “Amazing”, e Lenny Kravitz fazendo o mesmo em “Line Up”. Desmond Child, Jim Vallance, Mark Hudson, Richie Supa, Taylor Rhodes, Jack Blades, e Tommy Shaw formam o time de colaboradores que ajudou a banda entregar canções como as potentes “Eat The Rich”, “Fever” e “Shut Up And Dance” até as baladas de “Livin’ On The Edge”, “Cryin'”, “Crazy” e “Amazing”.

Essa incrível diversidade de excelentes músicas transformaria Get a Grip em um dos discos mais clássicos da década de 1990 e o mais vendido do Aerosmith em todo o mundo, alcançando vendas superiores a 20 milhões de cópias. Ele se tornou o primeiro disco da banda a alcançar o topo da parada americana, duas de suas faixas ganharam o Grammy Awards, foi eleito Álbum do Ano no Readers’ Choice Awards de 1993 com “Livin’ on the Edge” levando o título de melhor clipe. Por falar em videoclipes, os tratamentos visuais de “Crazy”, “Cryin'” e “Amazing” se revelaram grandes produtos para a MTV, em alta entre a juventude daquela época.

Get a Grip ainda se destaca ao fazer do Aerosmith o primeiro grande artista a lançar uma música como um download digital exclusivo. O lado-B “Head First” foi disponibilizado em 27 de junho de 1994 como um arquivo WAV de 4megabyte e foi baixado por 10.000 internautas, que levaram algumas horas para ter a canção em seus computadores.

No player abaixo você curte na íntegra esse trabalho do Aerosmith que representa muito bem a década de 1990:

Aqui os clipes marcantes de Get a Grip com destaque para a atriz Alicia Silvertone, que marca presença em “Cryin’” e “Crazy”, além de Liv Tyler, filha de Steven Tyler, que aparecia pela primeira vez numa produção visual (em “Crazy”):



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS