Documentário sobre Chorão ocupa primeiro lugar nas plataformas digitais no Brasil

Redação 89

Documentário sobre Chorão ocupa primeiro lugar nas plataformas digitais no Brasil imagem divulgação

Chorão: Marginal Alado, documentário sobre o vocalista do Charlie Brown Jr., dirigido por Felipe Novaes, foi lançado na última quinta-feira, dia 8 de abril, e atingiu a primeira posição das principais plataformas digitais, tornando-se o filme mais assistido do Brasil no final de semana.

De acordo com o TelaViva.Com.Br, o documentário posicionou-se na primeira colocação das plataformas NOW, Google Play, iTunes e YouTube Filmes e se manteve no topo ao longo do final de semana.

O bom desempenho resultou na posição de filme mais assistido, superando grandes lançamentos internacionais e produções indicadas ao Oscar.

“Estamos trabalhando o filme desde 2019 e nossa expectativa era muito grande, mas os fãs foram muito além. É muito gratificante ver uma estratégia de lançamento dando certo e a enorme resposta positiva da galera. São milhares de menções ao filme em Stories, tweets, lives e etc. E queremos mais”, comenta Igor Kupstas, diretor da O2 Play, distribuidora do documentário.

“A performance de vendas do documentário superou todas as expectativas que tínhamos. Além de figurar entre as primeiras posições do ranking de vendas total do NOW durante os quatros primeiros dias de exibição, ele se tornou o primeiro documentário desse tipo a alcançar as primeiras posições das vendas gerais”, afirma Ricardo Falcão, diretor de TV da Claro.

O documentário é resultado de seis anos de pesquisa e mergulha em todo o acervo familiar de Chorão: “Entreguei 600 horas de material audiovisual bruto para os produtores do documentário com imagens dos shows, as viagens, a banda na estrada, nos camarins, os ensaios, as brigas e brincadeiras”, conta Alexandre Abrão, filho do músico.

Chorão: Marginal Alado venceu em 2019 o prêmio de melhor documentário na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (AQUI). A produção pode ser conferida nas plataformas NOW, Google Play, Apple TV, Vivo Play, Looke e YouTube.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS