Paul Stanley, do Kiss, explica por que é um defensor das máscaras

Redação 89

Paul Stanley, do Kiss, explica por que é um defensor das máscaras Imagem: reprodução Blabbermouth.Net

Paul Stanley, vocalista e guitarrista do Kiss, discutiu sua decisão de expressar publicamente suas opiniões políticas em uma entrevista ao Yahoo Music. Falando sobre o fato de ter utilizado recentemente seu perfil no Twitter para criticar pessoas que são contra o uso de máscaras, disse (via Blabbermouth.Net): “É lamentável que algumas pessoas sejam totalmente contra [usar máscaras], principalmente por causa de sua politização… o que foi mostrado, até onde posso ver, é que as máscaras são uma grande barreira [contra vírus]. E dependendo das máscaras que você usa, você está protegendo as pessoas ao seu redor ou você ainda está se protegendo. Você usa máscaras N95 e máscaras KN95 e você você tem uma proteção a mais”.

Questionado sobre as pessoas que dizem que músicos deveriam apenas “calar a boca e cantar” e não compartilhar opiniões políticas, Paul lembrou que as coisas mudaram. “Houve um tempo em que eu pensei, bem, os artistas deveriam apenas entreter. Mas o fato é que, francamente, eu me vejo como um cidadão. E eu acho que a minha voz é pelo menos tão importante quanto a de qualquer outra pessoa”.

O integrante do Kiss ressaltou que não tem intensão de politizar seus comentários feitos em redes sociais. “Estou tentando ajudar. Estou tentando conscientizar as pessoas que talvez possamos acabar com essa pandemia um pouco mais cedo e com menos fatalidade. Então não é uma questão de quem você vota, ou conspirações, ou qualquer coisa assim”.

Na última sexta-feira (19), o companheiro de banda de Paul, Gene Simmons, usou sua conta no Twitter para alertar que aqueles que não usam máscaras de proteção representam um risco para si mesmos e para todos aqueles ao seu redor (AQUI).



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS