Ouça playlist criada pela primeira mulher roadie da história do rock

Redação 89

Ouça playlist criada pela primeira mulher roadie da história do rock imagem divulgação

A primeira roadie feminina do rock and roll morou com o AC/DC, excursionou com The Who, Elton John, Whitesnake, Status Quo e INXS e foi apresentada a David Bowie por Iggy Pop. Tana Douglas fugiu da casa de seus pais em Queensland, na Austrália, em 1973, aos 15 anos, e juntou-se a um grupo de hippies. Quando os caras se mandaram depois de tocar em um festival, deixando ela para trás, ajudou uma banda local a guardar seus equipamentos. “Todo mundo começou a rir quando o guitarrista disse que eu ajudaria com a carga. Mas continuaram me dando mais e mais coisas para guardar”, explica Tana sobre o início de sua jornada no mundo dos shows em seu novo livro de memórias Loud: A Life in Rock’n’Roll by the World’s First Female Roadie (AQUI).

Sua dedicação para trabalhar como rodie, técnico de apoio que viaja com uma banda em turnê – serviço que somente homens realizavam – resultou em uma reputação que cerca de um ano mais tarde a colocou no caminho do AC/DC. “Eles eram muito acolhedores e amigáveis e tinham quase a minha idade. Era a primeira vez deles fora de casa, então achei ótimo”, conta a rodie.

Mais tarde, Tana foi trabalhar na turnê do The Who nos Estados Unidos e iniciou uma jornada incrível ao redor do mundo. “A vida na estrada era emocionante, trabalho duro, ocasionalmente surreal, especialmente quando você é a única mulher na equipe de turnê e o movimento #metoo [contra o assédio e agressão sexual] ainda está a 40 anos de distância”, conta Tana.

As histórias de bastidores das maiores estrelas do rock vivenciadas por uma mulher que não só sobreviveu ao mundo masculino na estrada, mas subiu ao topo e viveu para contar a história, estão presentes em Loud. Para celebrar o livro, Tana Douglas criou uma playlist no Spotify baseada em suas memórias.

“A razão para uma playlist é que meu livro é sobre música. Minha vida desde cedo foi influenciada pela música e as faixas que escolhi para esta playlist todas se relacionam com o título de um capítulo ou um incidente que aconteceu dentro de um desses capítulos. Cada canção se relaciona com uma memória ou lugar que só a música pode definir”. Confira no player abaixo:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS