David Gilmour descarta totalmente uma reunião do Pink Floyd

Redação 89

David Gilmour descarta totalmente uma reunião do Pink Floyd imagem divulgação

David Gilmour deixou claro que uma reunião do Pink Floyd não vai rolar mesmo! Em declaração à revista Guitar Player (via NME), o músico descartou um retorno: “O ciclo foi encerrado, nós finalizamos. Sou a favor do Roger [Waters] fazer o que ele quiser e se divertir”.

Ele continuou: “Certamente eu não quero voltar. Eu não quero ter de ir tocar em estádios. Eu sou livre para fazer exatamente o que eu quero fazer e como eu quero fazer”.

Os comentários de Gilmour vêm depois que o Pink Floyd fez as pazes com Roger Waters, que deixou o grupo em 1985. Em setembro do ano passado, as redes sociais do Floyd parabenizaram o músico, que havia acabado de completar 77 anos, e ainda divulgaram o lançamento de seu novo DVD.

“Feliz aniversário para Roger Waters, que lançou o recente registro do show ‘US + Them’ há menos de um mês”, disse a publicação do grupo, que segundo Waters, o teria banido de seu site.

Em maio de 2020, após lançar na internet uma nova versão da música “Mother”, Waters fez uma publicação em suas redes na qual questionava: “Por que este vídeo não está disponível num site que diz ser ‘o site do Pink Floyd‘?”. Na sequência, responde a pergunta: “A resposta é: porque esse site não tem nada meu. O David Gilmour baniu-me do site”, lamentou o músico naquela ocasião, acrescentando que tentou uma reconciliação para o que classificou de “impasse horroroso” com o Pink Floyd.

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS