Após elogiar escritor de extrema-direita, músico do Mumford & Sons anuncia afastamento da banda

Redação 89

Após elogiar escritor de extrema-direita, músico do Mumford & Sons anuncia afastamento da banda imagem divulgação

Winston Marshall, tocador de banjo e guitarrista do Mumford & Sons, anunciou que está se afastando da banda. A manobra surge depois que ele foi fortemente criticado nas redes sociais por elogiar um livro do escritor de extrema-direita Andy Ngo. Segundo o Hollywood Reporter, o livro Unmasked, de Ngo, promete levar o leitor “para dentro do plano radical da ANTIFA para destruir a democracia”.

Em uma publicação no Twitter na noite desta terça-feira (10), Marshall disse: “Nos últimos dias, passei a compreender melhor a dor causada pelo livro que endosso. Não ofendi apenas muitas pessoas que não conheço, mas também aqueles mais próximos de mim, incluindo meus companheiros de banda e por isso eu realmente sinto muito”. Ele acrescentou que por conta disso, resolveu fazer uma pausa para “examinar seus pontos cegos”.

Segundo a Fox News, Ngo é um jornalista que ganhou atenção nacional recentemente sobre sua reportagem a respeito da violência ANTIFA em Portland, Oregon. Ngo, que é editor-chefe do The Post Millenial, comentou a situação via Twitter, mas não mencionou o músico pelo nome. “Lamento por aqueles que são obrigados a sofrer porque se atrevem a ler meu trabalho, ou falar comigo”, escreveu.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS