Nova Zelândia promove festival com 20 mil pessoas sem máscaras ou distanciamento social

Redação 89

Nova Zelândia promove festival com 20 mil pessoas sem máscaras ou distanciamento social imagem divulgação

O maior festival neozelandês de música, o Rhythm and Vines, recebeu mais de 20 mil pessoas em Gisborne, no norte da ilha, entre os dias 29 e 31 de dezembro.

O público que marcou presença para curtir as atrações, como a superstar Benee (febre no TikTok), ou as conceituadas bandas The Beths e Mild Orange, não precisou usar máscaras ou se preocupar com o distanciamento social. Isso não rolou simplesmente porque não há problemas de transmissão de Covid-19 na Nova Zelândia.

Como o país da Oceania foi um dos primeiros a fechar suas fronteiras e adotar um severo lockdown, não registra casos de transmissão comunitária do novo coronavírus há meses, o que possibilitou que as festas rolassem tradicionalmente com as pessoas se aglomerando e cantando.

Além do Rhythm and Vines, outros festivais de música rolaram nesta virada de ano em território neozelandês. O Rhythm & Alps, em Wanaka, por exemplo, reuniu 10 mil pessoas sem a preocupação com as medidas de higienização.

No player abaixo você pode sentir a vibe do que anda rolando na Nova Zelândia:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS