Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Grã-Bretanha: vendas de vinil devem atingir melhor marca desde 1990

Redação 89

Grã-Bretanha: vendas de vinil devem atingir melhor marca desde 1990 Imagem divulgação

As vendas de vinil no Reino Unido estão prestes a atingir um novo recorde em três décadas. De acordo com a NME, as vendas devem fechar 2020 com um registro nas casa de £ 100 milhões (mais de 700 milhões de reais), o que representará o melhor ano desde 1990.

“Embora os fãs de música não possam comparecer a shows ao vivo devido à pandemia do coronavírus, as vendas de vinil aumentaram quase 10% este ano”, diz a reportagem.

As vendas de discos no Reino Unido tiveram uma forte queda de mais de 50% com o início da crise do novo coronavírus, mas com a reabertura gradual das lojas a partir de julho, o aumento chegou a 250%, o que explica o bom desempenho do mercado.

“Achei que poderia ser catastrófico para a indústria, mas durante o bloqueio, o tipo de pessoa que compra discos provavelmente também vai a muitos shows. Elas não podem mais fazer isso, então parece que os fãs estão gastando o dinheiro que costumavam gastar em shows todos os meses com discos ”, disse à NME Drew Hill, diretor administrativo da Proper Music, o maior distribuidor independente de vinil e CDs da Grã-Bretanha.

Outro dado interessante é referente às vendas de cassetes, que  aumentaram 85% até agora este ano, colocando as vendas totais em condições de atingir £ 1 milhão (mais de 7 milhões de reais) primeira vez desde que esse formato de mídia típica dos anos 80 passaou a gerar interesse do público nesta década.

Já as vendas de CDs não decolaram neste ano,  o registro é de queda de 30%.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS