Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Morrissey não tem contrato renovado e detona gravadora

Redação 89

Morrissey não tem contrato renovado e detona gravadora imagem divulgação

Morrissey utilizou seu site oficial nesta segunda-feira (16) para informar aos fãs que foi demitido da gravadora BMG. De acordo com a publicação, todos as reedições de seus álbuns clássicos foram descartadas.

Em março deste ano, a BMG lançou o décimo terceiro disco de estúdio do ex-vocalista dos Smiths, I Am Not A Dog On A Chain. Desde então, a gravadora mudou sua posição em trabalhar com o polêmico cantor e compositor britânico, supostamente devido a um novo executivo da empresa que chegou recentemente.

No texto, Morrissey culpa a BMG por negligenciar a habilidade musical em favor da aparência. “Esta notícia está perfeitamente de acordo com o implacável horror galvânico de 2020. Seria extremamente insano esperar algo positivo”, diz o artista britânico.

“Meus três álbuns com a BMG foram os melhores da minha carreira, e eu fico com eles até a morte”, diz o músico, que acrescenta: “Gravá-los foi um período crucial na minha vida, e agradeço à equipe anterior do BMG e a todos os envolvidos por isso. Ainda é importante para mim fazer música do meu jeito, e eu não gostaria de estar em uma gravadora que dita tão especificamente como seus artistas devem se comportar – especialmente quando a palavra ‘talento’ nunca é mencionada”.

Os assessores da BMG responderam às críticas de Morrissey após serem procurados pelo jornal britânico Daily Mail. Eles alegam que o músico não foi demitido, mas que seu contrato chegou ao fim e não foi renovado. “Desejamos a ele o melhor nessa nova fase de sua carreira. A BMG continua a representar grande parte do catálogo dele e estamos trabalhando com sua equipe para ter a melhor atenção que ele merece”, diz o texto da gravadora.



COMPARTILHE