Renato Russo: operação da Polícia Federal encontra 30 gravações inéditas do cantor

Redação 89

Renato Russo: operação da Polícia Federal encontra 30 gravações inéditas do cantor imagem divulgação

A Delegacia de Repressão contra a Propriedade Imaterial (DRCPIM) encontrou durante operação em um estúdio na Zona Zul do Rio 30 versões de músicas nunca lançadas oficialmente do cantor Renato Russo, vocalista da Legião Urbana. De acordo com nota publicada nesta segunda-feira (26) pelo G1, durante a ação, foram apreendidos CDs, HDs e uma torre de computador.

O material estava em equipamentos do dono do estúdio de gravação, que fica em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Segundo a polícia, o estúdio prestou serviços para uma gravadora. Renato, que morreu em 1996, também teria utilizado o estúdio durante seus últimos anos de vida.

A operação, batizada de “Será?” e que segue com suas investigações em sigilo, aconteceu a partir de um registro de ocorrência feito por Giuliano Manfredini, filho de Renato e detentor dos direitos autorais de parte de sua obra.

Segundo o delegado responsável pelo caso, na análise do material apreendido, os agentes encontraram 30 versões nunca lançadas oficialmente e tentam encontrar um possível repertório inédito de autoria de Renato. Entre as músicas estão versões de canções da Legião Urbana e algumas desconhecidas dos agentes, que podem ser inéditas.

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS