SUPERBANNER BONÉ RS

Bruce Springsteen e Tommy Lee prometem deixar os EUA, caso Donald Trump seja reeleito

Redação 89

Bruce Springsteen e Tommy Lee prometem deixar os EUA, caso Donald Trump seja reeleito imagem divulgação

Bruce Springsteen admitiu em uma entrevista ao jornal australiano Daily Telegraph que poderá deixar os Estados Unidos, caso Donald Trump seja reeleito. Springsteen disse acreditar que o atual Presidente “irá perder” as eleições de novembro. Mas já tem um plano B, caso seja Joe Biden o derrotado. “Me mando no primeiro avião para a Austrália”, afirmou.

Quem segue essa mesma linha de se mandar da Terra do Tio San, caso Trump permaneça no poder, é Tommy Lee, baterista do Motley Crüe. Em uma entrevista ao The Big Issue, ele revelou que não conseguiria suportar mais um mandato de Trump e faria as malas no caso de uma reeleição.

Essa birra das celebridades com Trump foi tema de discussão neste fim de semana no programa “Fox & Friends Weekend”, da Fox News, no qual o comediante Michael Loftus criticou severamente os ricos e famosos.

“Eles realmente pensam que são muito importantes. Realmente pensam que estamos comentando por aí: ‘Espere, o quê? Springsteen vai embora? E Tommy Lee? Oh, eu estou mudando meu voto!'”, comentou.

Segundo Loftus, não há como acreditar que Springsteen, Lee, ou qualquer outra celebridade vá embora dos Estados Unidos em caso de reeleição de Trump. “Todos que juraram isso no passado jamais seguiram em frente”, destacou.

Em 2016 o site da 89 publicou uma declaração de Lars Ulrich, baterista do Metallica, na qual dizia que voltaria para a Dinamarca se Trump chegasse ao poder, mas continuou vivendo na Califórnia. A Fox News mostrou uma lista de celebridades que declaram que mudariam dos Estados Unidos, caso Donald Trump ganhasse a eleição em 2016, no entanto, continuaram morando lá. Confira na matéria abaixo:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS