Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Trini Lopez, músico que influenciou a sonoridade do Foo Fighters, morre vítima de Covid-19

Redação 89

Trini Lopez, músico que influenciou a sonoridade do Foo Fighters, morre vítima de Covid-19 imagem divulgação

O cantor e ator Trini Lopez morreu nesta terça-feira (11) aos 83 anos, após contrair Covid-19, no hospital em Rancho Mirage, na Califórnia. Ele era solteiro e não tinha filhos.

Descendente de mexicanos, Lopez marcou época no cenário internacional ao emplacar clássicos como “If I Had a Hammer”, “Lemon Tree”, “I’m Comin’ Home, Cindy” e “La Bamba” (versão de 1963). Além disso, teve destaque no cinema ao estrelar o clássico da Segunda Guerra Mundial de 1967, Os Doze Condenados.

O músico serviu de inspiração para toda uma geração que acompanhou sua trajetória. Tanto, que teve a honra de ser convidado pela fabricante de guitarras Gibson para projetar dois modelos, o Trini Lopez Standard e o Lopez Deluxe.

A influência de Lopez no cenário musical americano é muito grande e diversos artistas fizeram homenagens. Dave Grohl, líder do Foo Fighters, está entre os que expressaram admiração, descrevendo sua guitarra personalizada pelo músico como sua “posse mais valiosa”.

“Hoje o mundo infelizmente perdeu mais uma lenda, escreveu a banda no Twitter. “Trini não só deixou um belo legado musical, mas também, sem saber, ajudou a moldar o som do Foo Fighters desde o primeiro dia”, diz a nota escrita por Grohl, que acrescenta: “Todos os álbuns que fizemos, do primeiro ao mais recente, foram gravados com minha guitarra vermelha de 1967, Trini Lopez. É o som da nossa banda, e a minha posse mais valiosa desde o dia em que a comprei em 1992. Obrigado, Trini por todas as suas contribuições”.

No player abaixo você ouve a interpretação de Trini Lopez para o sucesso “La Bamba”:



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS