Ecofalante promove mostra especial on-line na Semana do Meio Ambiente

Redação 89

Ecofalante promove mostra especial on-line na Semana do Meio Ambiente “Ebola: Sobreviventes”, de Arthur Pratt

A Ecofalante, ONG que atua nas áreas de Cultura, Educação e Sustentabilidade produzindo filmes e documentários e que desde 2018 possui acordo de cooperação técnico-educacional com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) para disponibilizar acesso a conteúdos audiovisuais, apresentará entre os dias 3 e 9 de junho uma programação especial para celebrar a Semana do Meio Ambiente.

A “Mostra Ecofalante – Especial Semana do Meio Ambiente” será online e poderá ser acompanhada gratuitamente pela plataforma Videocamp (AQUI). Serão exibidos cinco títulos produzidos no Brasil, Canadá, Estados Unidos e Reino Unido que abordam a conservação ambiental, mudanças climáticas, economia e saúde. Também haverá debates sobre as temáticas transmitidos ao vivo pelo YouTube e pelo Facebook. A programação completa pode ser acessada no site da Ecofalante (AQUI).
Além disso, a UFSCar realizará um encontro virtual para debater sobre os filmes, temas e as experiências vivenciadas pelos estudantes e servidores da Universidade que participarem da Mostra. O encontro acontece no dia 9 de junho, às 14 horas, e será mediado pela professora Alice Peres, do Centro de Ciências da Natureza (CCN) e coordenadora dos projetos do Cine Ecofalante no Campus Lagoa do Sino da UFSCar.
“A temática ambiental é ampla e, ao mesmo tempo, há uma motivação que articula tudo: a reflexão em torno da questão da vida no planeta Terra. Se essa já era uma preocupação candente, o que diremos agora em meio a uma pandemia provocada pelo Coronavírus? Os documentários apresentados pela Mostra constituem um material de apoio riquíssimo para essas reflexões”, destaca Peres.
Podem integrar o debate estudantes e servidores da UFSCar que participarem de pelo menos uma exibição da Mostra. As inscrições para o encontro devem ser feitas até o dia 7 de junho, enviando e-mail para [email protected], com nome completo e curso ou unidade de atuação.

PROGRAMAÇÃO
3 de junho
19 horas – Abertura com Chico Guariba e Laís Bodanzky
19h30 – “Ruivaldo, o Homem que Salvou a Terra” – Jorge Bodanzky e João Farkas (Brasil, 2019, 43 min, livre) *disponibilizado até o final do dia 9/6

4 de junho
17 horas – “Golpe Corporativo” – Fred Peabody (“The Corporate Coup d’Etat”, Canadá/EUA, 90 min, 2018, livre) e “Ebola: Sobreviventes” – Arthur Pratt (“Survivors”, EUA, 83 min, 2018, 12 anos) *disponibilizados até o final do dia 9/6.
19 horas – Debate com Jorge Bodanzky e João Farkas, diretores de “Ruivaldo, o Homem que Salvou a Terra” e mediação de Flávia Guerra.

5 de junho
15 horas – Debate “O papel do cinema na comunicação de questões socioambientais”, com os diretores Fernando Meirelles, Jorge Bodanzky, Estêvão Ciavatta e João Moreira Salles (a confirmar) e mediação de Flávia Guerra.
17 horas – “Amazônia Sociedade Anônima” – Estevão Ciavatta (Brasil, 72 min, 2019, livre) *disponibilizado até as 17 horas do dia 6/6.
19 horas – Debate “Conservação: Ataque ao Meio Ambiente e aos Povos Tradicionais”, com Adriana Ramos (ISA), Daniel Azeredo (procurador do Ministério Público Federal do Pará) e mediação de Claudio Angelo.

6 de junho
17 horas – “A Grande Muralha Verde” – Jared P. Scott (“The Great Green Wall”, Reino Unido, 92 min, 2019, livre) *disponibilizado até as 17 horas do dia 7/6.
19 horas – Debate “Mudanças Climáticas: desertificação, conflitos, migrações e outros impactos imediatos”, com Fernando Meirelles, Paulo Artaxo e mediação de Daniela Chiaretti (a confirmar).

7 de junho
19 horas – Debate “System Error: como o atual sistema econômico leva à destruição ambiental, ao fim do trabalho digno e ao abalo da própria democracia”, com Ladislau Dowbor, Sueli Carneiro (a confirmar) e mediação de Silvio Caccia Bava.

8 de junho
19 horas – Debate “Saúde – Como comunicar em tempos de crise sanitária e fake news?”, com Douglas Rodrigues, Átila Iamarino (a confirmar) e mediação de Mariluce Moura.

9 de junho
14 horas – Encontro virtual com a comunidade da UFSCar para conversar sobre os filmes, com mediação da professora Alice Peres, do CCN.

 

Via UFSCar



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS