Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

#MISemCasa traz homenagem a Chaplin e a mulheres no cinema, música e arte urbana

Redação 89

#MISemCasa traz homenagem a Chaplin e a mulheres no cinema, música e arte urbana imagem divulgação

O Museu da Imagem e do Som divulgou a programação desta semana do #MISemCasa, campanha virtual especial.

Para começar a semana, o canal do MIS no Youtube apresenta, nesta segunda-feira, uma entrevista exclusiva que o cineasta Jean-Claude Bernardet concedeu ao Acervo MIS. Já no sábado, dia 9 de maio, o Pontos MIS – bate-papo de cinema realiza uma homenagem aos 80 anos do clássico O grande ditador, de Charlie Chaplin. E no domingo, Dia das Mães, a Mostra cinema de acervo – que traz filmes nacionais diretamente dos arquivos do MIS – homenageia mulheres cineastas com três filmes na sequência.

E as mulheres seguem protagonistas na programação desta semana: na quarta-feira, dia 6, a arte urbana ganha destaque com vídeo do projeto Parede em Movimento, que mostra o processo de criação da artista Tami Lemos ao produzir um mural exaltando o poder feminino nas paredes do Museu.

Veja a programação completa: 04 a 10.05

04.05 | Segunda-feira | 20h | Coleção Memória do Cinema – Jean-Claude Bernardet

O projeto, em parceria com a Heco Produções, registrou uma parcela importante da memória do cinema brasileiro, com entrevistas foram gravadas no Museu da Imagem e do Som entre os anos 2012 e 2013. Neste vídeo, o público irá conferir uma entrevista exclusiva com teórico de cinema, crítico cinematográfico, cineasta e escritor Jean-Claude Bernardet.

05.05 | Terça-feira | 20h | Ciclo de Cinema e Psicanálise – Carnafaum

O Ciclo de Cinema e Psicanálise (programa realizado em parceria com a Sociedade Brasileira de Psicanálise e a Folha de S.Paulo), que a cada edição traz um filme seguido de debate com um jornalista cultural e um psicanalista convidado, apresentou, em dezembro de 2019, bate-papo sobre o drama libanês Cafarnaum. O filme da cineasta Nadine Labaki, vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Cannes de 2018, ganhou debate com o psicanalista Luiz Meyer e a artista visual e cineasta Cassiana Der Haroutiounian. A diretora de Cultura e Comunidade da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP), Luciana Saddi, mediou a conversa.

Agora, o público do #MISemCasa poderá ver (ou rever) o bate-papo, diretamente no canal do MIS no Youtube.

06.05 | Quarta-feira | 20h | Parede em movimento – Tami Lemos

Inaugurando projeto Parede em Movimento, em março de 2019, a artista Tami Lemos produziu um mural exaltando o poder feminino nas paredes do Museu. O projeto consiste em um live painting, com o público acompanhando de perto o trabalho, além de um vídeo que registra a realização do trabalho e o depoimento do artista – que conta suas principais influências, um olhar sobre a arte urbana na contemporaneidade e as motivações para a pintura exclusiva para o MIS.

07.05 | Quinta-feira | 20h | Musicais no cinema – Walter Lima Jr.

Em mais um episódio da websérie derivada da exposição Musicais no cinema (2019), o curador Duda Leite entrevista o cineasta Walter Lima Jr. Ele comenta sobre a importância do cinema e dos cineclubes para sua expansão de visão de mundo e destaca seus musicais favoritos, como “Cantando na Chuva” (1952), “Um Dia em Nova York” (“On the Town”, 1949), “Love Me Tonight” (1932), e os musicais de Fred Astaire. Ele também fala sobre os primeiros musicais brasileiros de carnaval, anteriores à popularização da televisão, com as estrelas do rádio.

08.05 | Sexta-feira | 20h | bate-papo com Ilú Oba De Min

Em abril de 2019, o MIS exibiu o filme O tambor me chamou (Dir. Márcio Cruz, Brasil, 2019, 16´, Livre), um recorte poético-documental sobre o bloco afro-feminino Ilú Obá de Min (em iorubá, mulheres que tocam tambor para Xangô). A exibição foi seguida por um bate-papo com integrantes do grupo, abordando temas em torno da força mobilizadora e de empoderamento no Carnaval e no dia a dia das mulheres. O bloco — ou levante, como é chamado pelas integrantes — é a principal atividade da associação paulistana sem fins lucrativos Ilú Obá de Min – Educação, Cultura e Arte Negra.

09.05 | Sábado | Pontos MIS – Bate-papo de Cinema | O grande ditador

Nesta semana, o “Pontos MIS – bate-papo de cinema”, programa que traz uma sessão de filme online seguida por bate-papo ao vivo no canal do MIS no Youtube, faz uma homenagem aos 80 anos do clássico O grande ditador. O filme, dirigido e estrelado por Charlie Chaplin em 1940, aborda a onda de nazi-fascismo e antissemitismo à época, pelo olhar de um barbeiro judeu – e é considerado uma obra-prima do cinema. Após a exibição online do filme (que acontece às 15h30, mediante inscrição prévia neste link), acontece, às 18h, bate-papo ao vivo com o público no Canal do museu no Youtube.

10.05 | Domingo | 20h| Mostra Cinema de Acervo

A mostra inédita traz, todo domingo, diretamente do Acervo MIS, uma seleção de filmes brasileiros, tanto curtas quanto média-metragens, produzidos entre os anos de 1980 e 1990. Especialmente neste domingo, Dia das Mães, o recorte curatorial “Elas dirigem elas” selecionou curtas-metragens que retratam a vida de diversas personagens femininas. A história contada por cada uma delas reflete a realidade de muitas Anas, Reginas, Marias, e de tantas outras mulheres brasileiras que lutam todos os dias por igualdade. Na ficção Balzaquianas, é possível se identificar com algumas das histórias – nem sempre felizes – das várias personagens interpretadas por Irene Ravache; em Como um olhar sem rosto: as presidiárias, o público pode assistir a comoventes depoimentos de detentas que ficaram confinadas na penitenciária.
Filmes: Ana (Dir. Regina Chamlian, Brasil, 1982, 12 min, livre); Como um olhar sem rosto: as presidiárias (Dir. Maria Inês Villares, Brasil, 1983, 32 min, 16 anos); e Balzaquianas (Dir. Eliane Bandeira e Marília de Andrade, Brasil, 1981, 20 min, 12 anos).

Exposições virtuais e Acervo Online MIS

O MIS integra o Google Arts & Culture com três exposições exclusivas que apresentam recortes temáticos do acervo: Cinema Paulista nos anos 70; A mulher na Revolução de 32; e Lambe-lambe: fotógrafos de rua em São Paulo nos anos 1970. O Google Arts & Culture é uma plataforma na qual o Google realiza parcerias com centenas de museus, instituições culturais e acervos históricos para hospedar on-line os patrimônios culturais do mundo. O acesso ao tour virtual é gratuito, no link: https://artsandculture.google.com/partner/museo-da-imagem-e-do-som

S e r v i ç o:

#MISEMCASA

SITE AQUI

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS