Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Titãs lançam primeiro EP de “Titãs Trio Acústico”

Redação 89

Titãs lançam primeiro EP de “Titãs Trio Acústico” imagem divulgação

Os Titãs formam um grupo indescritível. Em 38 anos, surpreendem a cada lançamento – nos 15 álbuns de estúdio anteriores gabaritaram os gêneros (do new wave ao punk), tiveram todo tipo de formação (do trio ao octeto), e em todas ocasiões se recusaram ao conforto de uma estrada conhecida. Não poderia ser diferente agora, no projeto Titãs Trio Acústico, que lançam com o primeiro de três EPs.

A formação traz Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto. Os três se revezam nos vocais, enquanto Britto assume piano ou baixo, Branco, baixo ou violão, e Tony, violão, violão de 12 cordas ou guitarra acústica. Titãs Trio Acústico EP 01, já disponível nas plataformas digitais, traz novas versões para “Sonífera Ilha”, “Porque Eu Sei Que é Amor”, “Isso”, “O Pulso”, “Miséria”, “Tô Cansado”, “Querem Meu Sangue” e “Família”.

O registro era para ter marcado a efeméride de 20 anos do lendário Acústico MTV, só que o seria se fosse lançado em 2017. Mas na época eles estavam focados na composição e lançamento da primeira ópera-rock escrita e composta por uma banda no país, Doze Flores Amarelas. Só um reforço de que não dá para esperar lugar-comum da banda.

“Nós marcamos, então, quatro shows em teatros (neste formato acústico), e o resultado foi tão impactante que virou uma turnê. Quando vimos o material que tínhamos, resolvemos entrar estúdio para gravar”, diz Branco Mello.

Neste novo EP, o desafio foi recriar canções com o mínimo de elementos, já que nem no acústico de 23 anos atrás fizeram essa economia. Algumas ganharam versões onde um deles somente a conduz em voz e algum instrumento.

A escolha do repertório, aliás, é outro ponto de atenção no trabalho, já que mais uma vez encararam o desafio de desnudar as canções seja qual fosse a complexidade de elementos no registro original.

“Fazer de maneira diferente é algo intrínseco nos Titãs. Nosso desafio é sempre sermos diferentes do trabalho anterior. Temos que surpreender a nós mesmos”, diz Tony Bellotto.

Trio Acústico – EP01 começa com “Sonífera Ilha”, que é o primeiro single e data do disco de estreia da banda, de 1984. Aqui, ela viaja para um ska essencial, com piano, baixo, guitarra acústica e um acento percussivo ganhando uma despretensão como se tivesse sido composta na semana passada.

“O clipe (desta versão) é como se fosse um retrato emocional desses 38 anos de carreira. Com direito a participações especialíssimas de pessoas queridas, que amamos e admiramos. É como se estivéssemos fechando mais um ciclo, relançando o nosso primeiro single totalmente repaginado”, conta Sérgio Britto.

Na sequência, “Porque Eu Sei que é Amor” encaixa como se ganhasse uma versão R´n´B/soul dos Temptations. A balada, aliás, é de 2009, posterior ao primeiro acústico.

“Isso” igualmente é futura ao especial da MTV – é de 2001 -, mantém certo tom da original e traz uma dramaticidade ainda maior do que foi gravada no trabalho mais sensível do conjunto, A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana, quando perderam o guitarrista Marcelo Frommer. Marca também a estreia de Tony Bellotto como vocalista na banda.

O desafio inovador a que o guitarrista se referiu, aliás, é explícito na sequência, com duas do álbum inventivo de 1989, em que mesclaram o rock a programações eletrônicas, Õ Blésq Blom. “O Pulso” e “Miséria” mostram porque desde suas primeiras versões sinalizaram para onde a música brasileira apontaria nos anos seguintes, com a explosão de mangue beat e Cia.

É também uma abertura para as performances quase solo de Trio Acústico – EP01. “Miséria” é conduzida em piano e voz por Sérgio Britto, além de percussão, “Tô Cansado” é levada por Branco Mello no vocal e violão e Tony empunha guitarra e novamente microfone em “Querem Meu Sangue”.

Do raivoso Cabeça Dinossauro, de 1986, vem “Família”, que fecha o primeiro EP, na vibe reggae/ska daquela gravação e tocada por quinteto – com o acréscimo de Mario Fabre na bateria e Beto Lee no violão.

E a única coisa que dá para adiantar para o próximo é que os fãs não devem esperar a mesma coisa.

Clique AQUI e escolha a sua plataforma para ouvir esta novidade dos Titãs.

Via AI



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS