Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Estudo mostra que metade dos portadores de Covid-19 não apresenta sintomas

Redação 89

Estudo mostra que metade dos portadores de Covid-19 não apresenta sintomas Foto: Mika Baumeister/Unsplash

O que a comunidade científica aprendeu nos últimos dias com a Islândia pode ser crucial para combater a epidemia de COVID-19: a metade de todos os testes positivos para o novo coronavírus não tinha absolutamente nenhum sintoma.

De acordo com o site de estatísticas do governo islandês, em 25 de março, o país realizou 12.615 testes e confirmou 802 casos. Embora possa não parecer muito, em uma nação escassamente povoada, com cerca de 364.000 cidadãos, é um número impressionante. Eles testaram cerca de 3,5% da população do país, o maior índice do mundo.

Os esforços da Islândia estão revelando detalhes fascinantes. “Os primeiros resultados indicam que uma baixa proporção da população em geral contraiu o vírus e que cerca da metade daqueles que apresentaram resultado positivo não eram sintomáticos, enquanto que a outra metade apresentava sintomas moderados”, disse o epidemiologista Thorolfur Guðnason, em declaração ao BuzzFeed.

Considerando que o padrão em boa parte do mundo é realizar testes apenas para confirmar casos suspeitos de COVID-19, podemos ter muitas pessoas espalhando o vírus por aí sem ter a mínima noção disso.

A informação que chega do território islandês, é portanto, um forte indicativo de que a realização de testes em larga escala permite controlar a propagação do vírus.

Um estudo publicado na semana passada na revista Science descobriu que, para cada caso confirmado do vírus, provavelmente há outras cinco a dez pessoas com infecções não detectadas na comunidade. Os cientistas, que basearam seu modelo em dados da China, relataram que esses casos geralmente mais leves e menos infecciosos estão por trás de quase 80% dos casos novos.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS