Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

ONU: 40% das pessoas no mundo não têm onde lavar as mãos

Redação 89

ONU: 40% das pessoas no mundo não têm onde lavar as mãos Imagem: Jouni Rajala/Unsplash

Lavar as mãos com sabão, quando feito corretamente, é fundamental na luta contra a doença provocada pelo novo coronavírus (COVID-19), mas bilhões de pessoas não têm acesso imediato a um lugar para lavar as mãos, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

No total, apenas três em cada cinco pessoas em todo o mundo têm instalações básicas para lavar as mãos, de acordo com os dados mais recentes. Ou seja, cerca de 40% da população do planeta simplesmente não têm onde lavar suas mãos adequadamente.

À medida que a pandemia continua a se espalhar, o UNICEF está lembrando o público a importância de se lavar as mãos como uma medida-chave de prevenção contra a COVID-19 e instando esforços renovados para fornecer acesso a essas intervenções básicas de saúde pública em todo o mundo.

“Lavar as mãos com sabão é uma das coisas mais baratas e eficazes que você pode fazer para proteger você mesmo e os outros contra o coronavírus, bem como contra muitas outras doenças infecciosas. No entanto, para bilhões, mesmo as medidas mais básicas estão simplesmente fora de alcance”, disse Sanjay Wijesekera, diretor de Programas do UNICEF.

“Está longe de ser uma ‘bala mágica’. Mas é importante garantir que as pessoas saibam quais medidas devem ser tomadas para manter a si e suas famílias seguras, mesmo que continuemos nossos esforços de longa data para disponibilizar higiene e saneamento básico a todos”.

Em muitas partes do mundo, crianças, pais, professores, profissionais de saúde e outros membros da comunidade não têm acesso a instalações básicas para lavar as mãos em casa, em instalações de saúde, escolas ou em outros lugares.

De acordo com as estimativas mais recentes:

40% da população mundial, ou 3 bilhões de pessoas, não tem lavatório com água e sabão em casa. Quase três quartos das pessoas nos países menos desenvolvidos não têm instalações básicas para lavar as mãos em casa.

47% das escolas careciam de um lavatório com água e sabão, afetando 900 milhões de crianças em idade escolar. Mais de um terço das escolas em todo o mundo e metade das escolas nos países menos desenvolvidos não têm lugar para as crianças lavarem as mãos.

16% dos estabelecimentos de saúde, ou cerca de um em cada seis, não tinham banheiros funcionais ou instalações para lavar as mãos nos pontos de atendimento onde os pacientes são tratados.

As populações urbanas estão particularmente em risco de infecções respiratórias virais devido à densidade populacional e a reuniões públicas mais frequentes em espaços lotados, como mercados, transporte público ou locais de culto religioso. As pessoas que vivem em favelas urbanas pobres – a pior forma de assentamento informal – estão particularmente em risco. Como resultado, lavar as mãos se torna ainda mais importante.

Via Nações Unidas



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS