Promoção - TEMOS VAGAS 2024 | Lollapalooza

Roteirista desmente que “Os Simpsons” previram a pandemia de coronavírus

Redação 89

Roteirista desmente que “Os Simpsons” previram a pandemia de coronavírus imagem divulgação

Neste fim de semana pipocaram informações nas redes sociais de que um episódio de 1993 de “Os Simpsons”, intitulado Marge in Chains, previu a atual pandemia de coronavírus.

A trama gira em torno de Marge Simpson que acaba presa por furtar lojas na busca por suprimentos para sua família que sofria com uma tal de “gripe de Osaka”. O episódio começa no Japão, onde um operário doente tosse em caixas de um espremedor de frutas que é enviado para Springfield, infectando a cidade.

Procurado pelo The Hollywood Reporter para falar sobre essa história, o roteirista Bill Oakley – que a escreveu junto de Josh Weinstein – ficou inconformado com a relação que as pessoas fizeram com a atual pandemia do novo coronavírus.

“Não gosto de ser usado para fins nefastos”, disse Oakley, que foi impactado por diversos memes sobre a associação.  “A ideia de que alguém se aproprie disso para fazer com que o coronavírus pareça uma trama asiática é terrível”, ressaltou.

Ele ainda deixou claro que considera um absurdo as pessoas acreditarem no roteiro de “Os Simpsons”. “Trata-se de um desenho animado. Intencionalmente o tornamos desenho animado porque queríamos que fosse bobo e não assustador, ele não carrega nenhuma dessas más associações, razão pela qual o próprio vírus estava agindo como um personagem de desenho animado e se comportando de maneira extremamente irrealista”.

“‘Os Simpsons’ recebem muito crédito por prever o futuro, mas especialmente quando a alegação é usada para fins prejudiciais”, argumentou Oakley.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS