Fortnite se une à Samsung para combater o Cyberbullying

Redação 89

Fortnite se une à Samsung para combater o Cyberbullying imagem divulgação

O cyberbullying, violência praticada contra alguém através da internet ou de outras tecnologias relacionadas, não se restringir apenas ao ambiente online, acaba se propagando para pátios das escolas, por exemplo e causando depressão e até suicídio.

No Brasil, há cerca de 75,7 milhões de jogadores, o que coloca o país no patamar de 13º mercado do planeta, de acordo com dados da consultoria especializada Newzoo. Imagine quantas dessas pessoas já sofreram o cyberbullying. Ainda que não haja dados específicos sobre os gamers, o Brasil foi apontado como o segundo país que mais comete cyberbullying no mundo, por uma pesquisa do Instituto Ipsos, feita com 28 países.

Na internet, é comum ver relatos de comportamento tóxico por parte de jogadores de alguns dos games online mais populares no país, como League of Legends, World of Warcraft e CrossFire. Quando se fala em machismo, então, o debate ganha mais força, com diversos casos de jogadoras que dizem sofrer discriminação e ouvir comentários misóginos durante as partidas.

Dados fora do Brasil
De acordo com uma pesquisa da Liga Anti-Difamação (ADL), divulgada em julho deste ano, 65% dos gamers dos Estados Unidos diz ter sido vítima de assédio severo enquanto jogava online, o que inclui ameaças físicas, perseguição e assédio contínuo. Quando se trata de episódios de bullying mais leves, o número sobe para 74% dos jogadores que de multiplayers online.

Soluções
O Fortnite se uniu à Samsung recentemente para combater o Cyberbullying com uma ação bastante interessante e inédita. Com mais de 250 milhões de jogadores, o game tem visto surgirem algumas histórias de discriminação contra os jogadores que usam a configuração básica do jogo em suas personagens.

Agora, uma campanha promove a doação de Skins Glow para aqueles gamers que não podem pagar por um item cosmético no jogo. Uma skin do Fortnite, custa em média 60 reais, e não é transferível. A Skin Glow, da Samsung, poderá ser doada por qualquer aparelho da família Galaxy para outro, e, também, para qualquer aparelho de outras marcas.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS