Black Sabbath recebe Grammy especial por sua carreira artística

Redação 89

Black Sabbath recebe Grammy especial por sua carreira artística imagem divulgação

O guitarrista Tony Iommi e o baixista Geezer Butler, do Black Sabbath, juntaram-se ao baterista Bill Ward na cerimônia de premiação do “Grammy Salute To Music Legends“, que rolou na sexta-feira (11) no Dolby Theater de Los Angeles, na Califórnia.

A banda, que realizou seu show de despedida em fevereiro de 2017, foi homenageada no evento por sua brilhante carreira com um Lifetime Achievement, uma honraria para artistas que “fizeram contribuições notáveis para o campo da indústria musical”.

“De seus poderosos riffs a suas imagens sombrias e góticas, o Black Sabbath inventou o heavy metal e influenciou todas as bandas de rock pesado que se seguiram depois dela”, disse o CEO do Grammy, Neil Portnow.

Na apresentação musical da noite que homenageou o Black Sabbath, o grupo Rival Sons foi convidado a realizar uma performance que contou com os clássicos “War Pigs”, “Changes” e “Paranoid”.

Ozzy Osbourne, vocalista do Black Sabbath, não compareceu ao evento porque ainda se recupera de uma queda que sofreu em casa e de uma pneumonia que contraiu no início do ano.

Pelo Twitter, Tony Iommi agradeceu no sábado (12) a homenagem: “Outro Grammy! Grande performance do Rival Sons ontem, obrigado pessoal”, escreveu o guitarrista na legenda de uma foto ao lado de Butler e Ward.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE