Instrumentos do Rock and Roll são estrelas de exposição inédita em Nova York

Redação 89

Instrumentos do Rock and Roll são estrelas de exposição inédita em Nova York Foto: Rogéria Vianna

Rogéria Vianna, de Nova York

O Rock’n Roll existe há mais de 70 anos e foi um dos movimentos artísticos mais importantes do século XX. Agora, pela primeira vez, uma exposição foi inteiramente dedicada aos instrumentos que fizeram a sua história.

O Metropolitan Museum de Nova York apresenta “Play It Loud: Instruments of Rock & Roll”. A mostra foi inaugurada no início de abril, causando frisson nos fãs do gênero, que terão a oportunidade de ver de perto os instrumentos usados por cerca de 80 de seus ídolos.

A exposição é co-organizada pelo Rock & Roll Hall of Fame e reúne aproximadamente 130 instrumentos que datam de 1939 a 2017, pôsteres de shows e peças de vestuário. No meio dessa coleção podem ser vistos diversos instrumentos icônicos e conhecidos no mundo do rock, muitos deles emprestados por colecionadores e pelos próprios artistas. Uma parte interessante é a que mostra instrumentos destruídos em apresentações ao vivo, um dos gestos mais marcantes do rock.

Entre as peças raras estão algumas usadas por lendas como Keith Richards, Eric Clapton, Bob Dylan, Lady Gaga, Don Felder (Eagles), Kim Gordon, Bruce Springsteen, Jimi Hendrix, James Hetfield (Metallica), Joan Jett, Steve Miller, Joni Mitchell, Jimmy Page, Elvis Presley, Prince, Patti Smith, Ringo Starr, Eddie Van Halen, Stevie Ray Vaughan, entre outros. Listinha mais do que VIP, não?

 

E embora a exposição tenha uma enorme variedade de instrumentos, a guitarra é a estrela desse show. Muitas paredes são tomadas por elas, que foram protagonistas de histórias incríveis nos palcos e estúdios, como a guitarra elétrica de Jimi Hendrix, “Love Drops”, originalmente decorada por ele; “Blackie” de Eric Clapton, “Frankenstein” de Eddie Van Halen entre outras.

Além disso, os visitantes também podem assistir a vídeos com entrevistas de músicos lendários e de novas estrelas da música e alguns dos momentos mais marcantes do Rock’n Roll.

 

Se você estiver em Nova York, não pode deixar de ver e aplaudir. Até dia 1º de outubro de 2019.

Fotos: Rogéria Vianna



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE