Blink-182: novo disco terá uma pegada mais agressiva

Redação 89

Blink-182: novo disco terá uma pegada mais agressiva imagem divulgação

O Blink-182 segue atualizando os fãs sobre o processo de produção de seu novo disco, que deverá ser lançado ainda este ano. O baixista Mark Hoppus disse numa entrevista à NME que o novo trabalho terá uma pegada “mais agressiva”. “Ele é muito diferente de California [mais recente trabalho da banda]. É muito mais agressivo. É mais sombrio no tema e no tom”, disse o músico, acrescentando que a banda buscou algo mais experimental para esse novo trabalho.

Hoppus revelou que ele e seus colegas gravaram mais de 40 músicas para uma seleção de repertório, deixando claro que o Blink-182 vive um momento criativo muito bom. Questionado sobre o que o inspira a compor atualmente, respondeu: “Acho que o mundo é um lugar bem estranho agora. As pessoas estão realmente feridas, todo mundo está no limite e isso se infiltra em tudo que você faz”, comentou e ao mesmo tempo explicou que as novas canções buscam saídas positivas para os recentes acontecimentos que impactam o mundo. “Espero que estejamos movendo o mundo na direção certa, mesmo diante de todos esses obstáculos estranhos”, disse.

As declarações de Hoppus indicam que o Blink-182 buscará a produção de um disco bastante questionador no ponto de vista do conteúdo das letras, no entanto, ainda fica a dúvida sobre a sonoridade da banda, já que as mais recentes informações sobre as colaborações nesse novo trabalho dão conta que os caras andam trabalhando com artistas mais voltados à música pop, como The Chainsmokers e Pharrell Williams.

No final de janeiro, Hoppus tinha revelado numa entrevista para a Kerrang! que o novo disco do Blink-182 deveria seguir “direções musicalmente estranhas”.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE