Kiss: Paul Stanley diz que fãs não devem esperar por músicas novas

Redação 89

Kiss: Paul Stanley diz que fãs não devem esperar por músicas novas

O guitarrista e vocalista do Kiss, Paul Stanley, declarou que a banda deverá partir para sua turnê de despedida, a partir de janeiro de 2019, sem lançar um disco de inéditas.

Numa entrevista ao Rock ‘N’ Roll Fantasy Camp, o músico deixou claro que é improvável que novas músicas sejam feitas e, portanto, os fãs não devem esperar por isso.

“Eu poderia escrever ‘Let It Be’ e as pessoas ainda diriam pra mim que é uma ótima canção e, na sequência, pediriam pra tocar ‘Detroit Rock City'”, explicou.

“Entendo isso, porque quando as músicas têm uma história com você, elas são como uma foto de um momento da sua vida… E nada pode tomar o seu lugar da noite para o dia”, comentou Stanley.

Para dar um exemplo claro sobre a dificuldade de disponibilizar material novo, ele citou “Modern Day Delilah” e “Hell or Hallelujah”, recentes canções do Kiss. “Elas são tão boas quanto qualquer outra coisa que já produzimos. Mas compreendo que há mais conexão com as músicas antigas”, disse.

Stanley argumentou: “Num vídeo ao vivo de qualquer banda, se você desligar o volume, eu vou te dizer toda vez que eles estão tocando uma música nova, porque o público não responde”. E deixou uma reflexão: “Nos cobram por música nova, mas será que realmente as pessoas querem isso?”.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE