Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

Far From Alaska divulga turnê na Europa e volta ao palco do MADA em 2018

Redação 89

Far From Alaska divulga turnê na Europa e volta ao palco do MADA em 2018 Foto: Murilo Amancio

Riffs pesados, vocais femininos e letras em inglês fazem da Far From Alaska uma das principais bandas do país, que chega diretamente de uma turnê na Europa para se apresentar na 20ª edição do “Festival MADA”, que vai rolar dia 12 de outubro, em Lagoa Nova, Natal.

Emmily Barreto (voz e sintetizadores), Cris Botarelli (lap steel, baixo, sintetizadores e vocais), Rafael Brasil (guitarra e baixo) e Lauro Kirsch (bateria) vão passar pelos seguintes países: Alemanha, França, Hungria, Suíça, Portugal, Inglaterra e Croácia com a turnê do disco “unlikely”, lançado em agosto do ano passado.

Além da Far From Alaska, também estão confirmados no “Festival MADA” outros nomes do rock nacional como Pitty, Nação Zumbi, BaianaSystem e Francisco, el Hombre. Acesse a página oficial do evento no Facebook e fique por dentro de tudo que vai rolar!

Veja abaixo a agenda completa da Far From Alaska que dá início em setembro:

13/09 Suíça em Olten no Coq d’Or
14/09 Alemanha em llmenau no Baracke 5 e.V.
15/09 Alemanha em Berlin no Swamp Fest
18/09 Croácia em Zagreb no KSET
20/09 Hungria em Budapest no Robot
21/09 Alemanha em Dachau no Outback Space Club
22/09 França em Paris no Supersonic
23/09 França em Nantes no Le Ferrailleur
27/09 Portugal em Lisboa (à confirmar local)
28/09 Portugal em Aveiro no Avenida
29/09 Portugal em Braga no Braga Music Week
01/10 França em Chambery no Brin du Zinc
06/10 Dinamarca em Copenhagen no Spillestedet Stengade
09/10 Inglaterra em London – The Underworld
10/10 Inglaterra em Bristol no Rough Trade

Serviço:
Festival MADA – 20 anos
Local | Estádio Arena das Dunas – Lagoa Nova, Natal – RN
Data | 12 e 13 de outubro
Horário | a partir das 16h

Ingressos Segundo lote:
Pista Inteira (Sexta) – R$ 110,00
Pista Inteira (Sábado) – R$ 110,00
Pista Temporada Inteira (sexta e Sábado) – R$ 180,00
Pista Temporada Social (sexta e sábado) – R$ 100,00
Pista Temporada MEIA (sexta e sábado) – R$ 90,00
Rockstage meia (Sexta) – R$ 75,00
Rockstage meia (Sábado) R$ 75,00
Rockstage Temporada Meia (Sexta e Sábado) – R$ 125,00
Rockstage inteira (Sexta) – R$ 150,00
Rockstage inteira (Sábado) – R$ 150,00
Rockstage Temporada Inteira (Sexta e Sábado) – R$ 250,00

*Ingresso Social —> quem não é estudante ou não está em nenhum grupo com direito a meia entrada e está longe dos 60 anos , terão um desconto também para participarem do MADA 2018, basta levar 1 kg de alimento não perecível no dia do evento. As doações serão direcionadas a instituições da cidade de Natal, que atendem crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais

Pista Inteira (Sexta) – R$ 100,00
Pista Inteira (Sábado) – R$ 100,00
Pista Temporada Inteira (sexta e Sábado) – R$ 160,00
Rockstage meia (Sexta) – R$ 65,00
Rockstage meia (Sábado) R$ 65,00
Rockstage Temporada Meia (Sexta e Sábado) – R$ 110,00
Rockstage inteira (Sexta) – R$ 130,00
Rockstage inteira (Sábado) – R$ 130,00
Rockstage Temporada Inteira (Sexta e Sábado) – R$ 220,00

Links para compra online:
Arena Dunas AQUI
Sympla AQUI

Sobre o MADA

A estreia do MADA aconteceu em 1998, época de grande efervescência do movimento indie no Brasil, quando a cena alternativa se abastecia de artistas e bandas criativas, inventivas, ousadas. Ambiente propício para um festival que proporcionava essa visibilidade à nova contracultura brasileira. Idealizado pelo engenheiro civil e produtor musical Jomardo Jomas Azevedo, o festival alavancou o histórico bairro da Ribeira e integrou o primeiro calendário brasileiro de festivais, ao lado de Abril pro Rock , Porão do Rock, Goiânia Noise e outros tantos eventos pioneiros.

A produção, sempre caprichada, privilegia a música contemporânea e de vanguarda, inserindo o pop consistente e criativo em seus diversos sotaques, identidades e estilos. Esse equilíbrio fez do MADA o evento musical indie pop de maior público do Rio Grande do Norte e um dos maiores do Brasil. Os palcos lados a lado, idênticos, são exemplo de respeito aos artistas e se equipara as normas de políticas públicas para a cultura — que é oferecer as melhores condições para o artista, independente do seu alcance midiático.

 



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS