Como Ajudar
SUPERBANNER BONÉ RS

89 ouve Peter Denton e Alexis Nuñez, do The Kooks

Redação 89

89 ouve Peter Denton e  Alexis Nuñez, do The Kooks imagem divulgação

Os caras do The Kooks marcaram presença em São Paulo no último sábado (12) e fizeram uma grande apresentação com promoção da 89 A Rádio Rock. Nesta semana a banda lançou em seu canal oficial no YouTube, duas músicas novas, “No Pressure” e “All The Time”. As faixas farão parte do novo álbum da banda, Let’s Go Sunshine, que chega em 31 de agosto. A nossa produção conversou com o baixista Peter Denton e o baterista Alexis Nuñez sobre a apresentação no Brasil e o novo trabalho.

89FM: Vocês já estiveram no Brasil antes. O que vocês mais gostam no nosso país?

Peter Denton: Eu acho que a gente tem muito amor na América Latina em geral. É muito difícil vir de tão longe para cá, e ter essa resposta do público é maravilhoso.

Alexis Nuñez: A gente ama estar aqui, a cultura, as pessoas. Eu sou chileno. É sempre muito bom. Quando a gente vem aqui nós temos uma estadia realmente muito boa, é intenso da melhor forma possível, e isso reflete nas pessoas quando tocamos. Amamos essa energia, por isso nós gostamos tanto de vir para cá.

89FM: Os seus fãs escrevem bastante nas redes sociais, fazem campanhas pedindo músicas nos shows. Qual é a relação de vocês com os fãs?

Peter Denton: Temos muitos pedidos de músicas que nós não tocamos há muito tempo, e nós estamos na turnê tocando o que são consideradas as melhores do The Kooks, então nós temos um setlist mais ou menos pronto. Não podemos mudar muito, embora nós adoraríamos tocar algumas coisas mais “lado B”.

Alexis Nuñez: Nem sempre o set list é igual, às vezes é meio espontâneo. Mas tem muita coisa que a gente tem praticado para poder tocar.

Peter Denton: Meu inbox no Instagram têm bombado com pedidos de brasileiros. Eu teria que ter um dia inteiro para poder ver tudo, é muita gente, fica impossível atender todos os pedidos. Muitos ficam pedindo para entrar na lista de convidados. Tento responder o máximo possível.

Alexis Nuñez: E às vezes tem pedido de músicas de outras bandas. Eles se confundem, é engraçado.

89FM: Os brasileiros têm a fama de comentarem bastante nas redes sociais. Vocês acham isso legal ou às vezes incomoda?

Peter Denton: É muito legal, é bacana ver essa quantidade de engajamento. E é divertido, principalmente quando estamos aqui no Brasil, as coisas mudam e alguns mandam mensagens dizendo “deixem o Brasil, vão para casa”.

Alexis Nuñez: Isso é legal porque nós nos sentimos mais próximos dos fãs. Quando por exemplo respondemos a mensagem de alguém, temos noção que podemos fazer ela ‘ganhar’ o dia por isso. É ótimo sentir isso, ter uma base de fãs tão apaixonada.

89FM: O que podemos esperar do novo álbum? Qual é a diferença dele para os outros do The Kooks?

Peter Denton: Para ser honesto, a gente meio que voltou para o básico. Para gravar, a gente tentou mudar algumas coisas. Às vezes para melhor, as vezes nem tanto, mas não ficamos com medo de dar um passo a mais. Não é necessariamente um álbum ‘rock and roll’.

Alexis Nuñez: Eu acho que uma das coisas que mais gostamos de fazer nesse álbum é que tivemos que tocar como se estivéssemos em um show. O que é legal, porque podemos ver o jeito que tocamos. É um ponto importante, especialmente para sentir o clima e a energia do momento. Eu acho que esse não é um ponto muito enfatizado quando as pessoas estão produzindo.

Peter Denton: Nunca fizemos um álbum com uma abordagem desse jeito. Nunca mesmo. Cada música tem uma identidade própria. Fizemos em momentos diferentes, e todo mundo no mesmo pensamento deixou tudo mais fácil, todos amando o que estavam compondo. É muito difícil alinhar isso, e nós conseguimos. Foi bem fácil na verdade, não tivemos problemas.

Alexis Nuñez: Nós fizemos alguns ritmos legais, apenas com baixo e bateria. Los Angeles também é uma cidade sensacional. Acordar com o Sol de Hollywood é muito bom. Você fica sempre sorrindo.

89FM: E quanto tempo demorou para compor e gravar esse novo álbum?

Peter Denton: É engraçado que você pode demorar um ano para escrever algo e não conseguir muita coisa, ou então em duas semanas fazer um álbum inteiro. Então depende de onde você está, como está a sua cabeça. Mas pensando bem, é difícil falar, foi tudo tão divertido. E o Luke já tinha muitas coisas que nós ficamos escutando por algumas semanas. Uma coisa que ajudou muito foi a turnê tocando as melhores músicas do The Kooks. A gente achou um caminho por onde seguir, e ter a decisão é uma coisa, escolher as músicas dessa decisão é outra. Você vai seguindo o fluxo.

89FM: Quais são as suas músicas favoritas desse álbum?

Peter Denton: Todas elas. Isso é verdade, os fãs vão concordar. Tem um sentimento de que tudo é bom, é difícil escolher uma só…eu não consigo.

Alexis Nuñez: O meu Top 3 são as músicas “Picture Frame”, “Weight Of The World” e “No Pressure”.

Peter Denton: “No Pressure” é o nosso primeiro single e também é uma boa música. Nós já estamos tocando nos shows, o que é ótimo.

89FM: Vocês vão lançar todas as músicas que gravaram? No futuro vamos ter a oportunidade de ouvir algumas que ficaram de fora do álbum?

Alexis Nuñez: Vai ter uma versão deluxe do álbum com algumas músicas que foram deixadas de fora. Então elas vão ser lançadas no futuro próximo.

Peter Denton: Foi difícil tirar algumas músicas, o que é um bom sinal. Foi até que divertido tirar algumas do álbum. É um bom sinal quando consegue fazer isso. Para ser honesto, não tiramos muito, vão ter 14 músicas no álbum.

Alexis Nuñez: A maior parte delas está dentro do álbum, mas algumas ficaram fora, então temos que lançá-las de alguma forma.

Peter Denton: Muitos ‘kooks’ (loucos). Todos têm sua opinião, todos têm suas favoritas, então uma hora tivemos que dizer “Pare”, se não teríamos mais problemas. É horrível ter que fazer isso, mas não cabiam mais músicas.



COMPARTILHE