Site descreve última conversa de Chris Cornell com sua esposa

Redação 89

Site descreve última conversa de Chris Cornell com sua esposa imagem divulgação

O cantor Chris Cornell faleceu na semana passada aos 52 anos. Um médico legista determinou sua morte como suicídio, mas a esposa do músico, Vicky Cornell, refuta essa decisão e afirma que as ações de seu marido antes da morte indicam que ele não pode ter tirado a própria vida de forma intencional.

Em nota publicada pelo advogado da família, Vicky afirma que Cornell pode ter sido vítima de uma overdose de um medicamento que utilizava, já que era um dependente químico em recuperação.

Nesta sexta-feira (26) o site TMZ divulgou o que seria a última conversa de Chris Cornell com sua esposa, Vicky Cornell, minutos antes do cantor ser encontrado morto em um hotel em Detroit, após seu show na região.

Segundo o site, a voz do cantor começou a ficar diferente nesse ponto da conversa e o vocalista teria reclamado. “Eles me f** de novo. Tiveram três dias para consertar meu retorno de ouvido e eu estava ficando estático. Não podia ouvir. Eu estourei minha voz, estourei minha voz”, repetiu Chris por diversas vezes e, em seguida, ele mudou se assunto por algo que não fazia nenhum sentido.

Preocupada, Vicky questionou o marido sobre o que ele teria tomado o remédio. “Eu estava realmente bravo, então tomei dois Ativan [remédio para ansiedade]. Estrou realmente chateado e tinha que me acalmar”, respondeu o cantor.
“Preciso saber o que você tomou. Isso não parece apenas dois Ativan. Parece que você tomou algo mais. Você precisa me dizer agora o que tomou. Eu te perdoo”, disse Vicky.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS