Empresário se desculpa por ter roubado quase 5 milhões de dólares de Alanis Morissette

Redação 89

Empresário se desculpa por ter roubado quase 5 milhões de dólares de Alanis Morissette

Jonathan Schwartz, ex-gestor financeiro da cantora Alanis Morissette, confessou no início do ano ter desviado 7 milhões de dólares de clientes para as suas próprias contas, entre 2009 e 2016. Só da cantora canadense ele desviou 4,8 milhões de dólares.

Schwartz escreveu uma carta aberta para o Hollywood Reporter, publicada neta terça-feira (11), na qual conta parte de sua história.

Ele explica que desenvolveu vício em jogos de azar para tentar aliviar seu stress de lidar com estrelas da música. “No começo eu apenas ‘pegava emprestado’ o dinheiro de meus clientes e isso foi aumentando enquanto eu acreditava que se ganhasse no jogo poderia pagar o que devia”.

O empresário é acusado de fraude, será julgado em 3 de maio no Tribunal Federal de Los Angeles, na Califórnia, e pode pegar até 23 anos de cadeia.

Alanis Morissette só descobriu o desvio financeiro quando contratou um novo empresário, que reparou que alguns valores não podiam estar corretos.

No ano passado, a artista decidiu processar Schwartz e a empresa para qual este trabalhava, a GSO, exigindo 15 milhões de dólares em danos.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


COMPARTILHE


Mortgage Loans Refinancing Hemorrhoids Prevention Avenue Theme