Peninha, percussionista do Barão Vermelho, morre aos 66 anos

Redação 89

Peninha, percussionista do Barão Vermelho, morre aos 66 anos imagem divulgação

Peninha, percussionista do Barão Vermelho, morreu no final da tarde desta segunda-feira (19), no Rio, aos 66 anos.

A informação foi divulgada através de um post no Facebook pela ex-mulher do percursionista, Ana Tereza Lima Soler e conformada pela assessoria de Frejat, vocalista do Barão.

De acordo com as informações divulgadas para a imprensa, Paulo Humberto Pizziali, o verdadeiro nome de Peninha, não resistiu a um choque hemorrágico no estômago.

Ele estava internado no Hospital da Lagoa, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, desde o início do mês com problemas digestivos.

Peninha entrou no Barão Vermelho em 1986. Após o primeiro hiato da banda, em 2001, ele fundou o grupo de salsa Gungala, que mantinha ativo até os dias de hoje. O percussionista se apresentou com o Barão Vermelho pela última vez em 2013.



COMPARTILHE


NOTÍCIAS RELACIONADAS