Exposição explora a herança da Pop Art

Willian Maier

Exposição explora a herança da Pop Art imagem divulgação

A mostra que leva o nome de “A Pegada Pop” fica aberta para visitação na Galeria Carbono até dia 27 de setembro.

Influenciado pelo dadaísta Marchel Duchamp, o movimento batizado de Pop Art nasceu durante as décadas de 1950 na Inglaterra e nos Estados Unidos e agora reverbera nas obras de diversos artistas que criaram itens especialmente para a mostra com curadoria de Ligia Canongia.

Segundo Ligia, o movimento é visto como período de detonação da arte contemporânea porque usa como tema o cotidiano, a indústria e a publicidade e, assim, quebra o ideal de arte como simbologia ligada ao sublime.

A mostra levou quatro meses para ficar pronta entre a seleção de obras, que são em maioria exclusivas para o exposição, ou seja, possuem tiragens inéditas e parte é internacional.

Entre os participantes, vários artistas desenvolveram peças exclusivas para a exposição, como Maria Nepomuceno, Emmanuel Nassar e Marcos Chaves.

Serviço
“A Pegada Pop”
De segunda a sexta, das 10h às 19h, e sábados, das 11h às 15h
Galeria Carbono, Rua Joaquim Antunes, 59, Pinheiros – São Paulo.
Grátis. Info: www.carbonogaleria.com.br



COMPARTILHE