Madrugada de terça tem Lua de Sangue

Willian Maier

Madrugada de terça tem Lua de Sangue imagem divulgação

O eclipse lunar que vai acontecer na madrugada desta terça-feira (15) será o primeiro de quatro eclipses totais da Lua que ocorrerão em sequência, um fenômeno conhecido como tétrade.

Por causa da coloração avermelhada que a Lua adquire durante o eclipse total, ela recebe a denominação informal de Lua de sangue.

Aqui no Brasil esse evento poderá ser observado a partir da 1h53 desta terça, sendo que o melhor horário de observação será entre 3h e 4h.

Especialistas no assunto estiveram ao longo dos últimos dias respondendo a inúmeras perguntas da imprensa sobre o fenômeno, deixando claro que se trata de um acontecimento natural e que não há nada a temer.

A cor avermelhada na Lua, que veremos logo mais, ocorre porque os raios de Sol que iluminam o satélite nesta ocasião são filtrados pela atmosfera da Terra, e chegam a ele com menos luz azul e mais vermelha.

No entanto, a Lua de sangue esteve ligada à diversos tipos de crenças ao longo da história, e o lançamento do livro “Four blood moons: Something Is About to Change”, em 2013, aumenta as discussões sobre o tema.

A obra leva a assinatura do pastor americano John C. Hagee e aborda especificamente a tétrade que se inicia nesta madrugada e chega ao fim em setembro de 2015.

Esta Lua de sangue é considerada especialmente significativa, porque coincide com duas importantes festividades religiosas: a Páscoa, que celebra a fuga dos hebreus da escravidão no Egito, e a Festa dos Tabernáculos, que remete ao tempo vivido em tendas, durante a peregrinação pelo deserto.

Uma coisa é certa: ciência e misticismo estarão em evidência na madrugada desta terça, 15 de abril, em mais uma Lua de sangue.



COMPARTILHE