Facebook compra WhatsApp e garante que nada muda no aplicativo

Willian Maier

Facebook compra WhatsApp e garante que nada muda no aplicativo imagem divulgação

O Facebook anunciou nesta quarta-feira (19) a compra do aplicativo WhatsApp por US$ 16 bilhões, o que representa o valor mais alto já pago por um app para smartphones desde que a própria rede social comprou o Instagram.

O acordo também prevê um pagamento adicional de US$ 3 bilhões aos fundadores e funcionários do WhatsApp que poderão comprar ações restritas do Facebook dentro de quatro anos.

Além disso, o presidente-executivo e cofundador do WhatsApp, Jan Koum, tomará lugar no conselho administrativo do Facebook.

O Facebook deixou claro no comunicado de compra que o WhatsApp permanecerá “independente” e não há previsão de mudanças no sistema.

Inclusive, o presidente-executivo e cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, elogiou o modelo de negócio do aplicativo, que cobra de novos usuários uma assinatura de R$ 2,37 anualmente após um primeiro ano de uso gratuito.



COMPARTILHE