O Facebook sabe o que você pensa

Willian Maier

O Facebook sabe o que você pensa imagem divulgação

Com certeza você que usa a rede social já passou por essa situação: escreveu um texto, pensou um pouco e desistiu de postar seu comentário.

É aquele momento em que o bom senso provavelmente falou mais alto. Mas acabou vazando para o Facebook.

Dois engenheiros recentemente revelaram que esses “pensamentos não publicados” são chamados de autocensura do último minuto.

Nos levantamentos da rede, o fenômeno foi identificado em 71% dos 3,9 milhões de dados que foram estudados.

Entre as descobertas do estudo: homens se censuram mais que mulheres, principalmente quando querem conversar em grupos ou listas com predominância masculina. Posts são mais censurados que comentários.

Não saber exatamente quem está lendo, ou ficar preocupado com a reação de algumas pessoas na sua lista de amigos faria com que os usuários pensassem duas vezes antes de publicar alguma coisa.

O mais interessante é que a tecnologia para fazer essa espionagem de pensamento é a mesma utilizada nos sistemas do Outlook, por exemplo, que salva e-mails não enviados na forma de rascunho.

Fica a dica: escreva no word e depois que tiver certeza que realmente quer postar o comentário, cole e publique.



COMPARTILHE