Morre aos 84 anos o ladrão do “Trem Pagador”

Willian Maier

Morre aos 84 anos o ladrão do “Trem Pagador” imagem divulgação

O britânico Ronald Biggs, conhecido como o “ladrão do século” por conta ao assalto ao trem pagador entre Glasgow e Londres ocorrido em agosto de 1963, morreu nesta quarta-feira (18) aos 84 anos.

De acordo com informações divulgadas à imprensa por familiares, ele enfrentava sérios problemas de saúde e recebia atendimento médico, no entanto, os detalhes da causa da morte não foram revelados.

Biggs, que ficou famoso após sua fuga espetacular para o Brasil depois do roubo, morreu em um asilo para idosos em East Barnet, no norte de Londres.

Ele foi visto em público pela última vez em agosto, numa cerimônia no cemitério de Highgateem em homenagem a Bruce Reynolds, o mentor do assalto, que morreu em fevereiro, aos 81 anos.

O roubo, feito por uma quadrilha de 11 integrantes, levou cerca de 2,6 milhões de libras esterlinas (o equivalente a US$ 4,2 milhões) à época.

Depois de condenado a 30 anos de prisão, pela morte do maquinista, Biggs fugiu da prisão e ficou cerca de 3 décadas em liberdade no Rio de Janeiro.



COMPARTILHE