Lou Reed influenciou gerações

Willian Maier

Lou Reed influenciou gerações imagem divulgação

O underground perdeu neste domingo um mito que influenciou músicos de diversos segmentos e em cada um deles semeou um pouco da cultura rock´n´roll.

Lou Reed morreu aos 71 anos depois de uma luta que ele estava travando nos últimos anos contra uma doença no fígado.

No começo do ano ele já havia cancelado diversas apresentações nos Estados Unidos e recentemente publicou em seu site que esperava voltar em breve a escrever canções que toquem “o espírito e os corações” de seus fãs.

louentrefriends

Lewis Allan Reed nasceu no dia 2 de Março de 1942 no bairro do Brooklyn em Nova York mas cresceu na região de Long Island. De família de origem judaica, Reed aprendeu a tocar guitarra ouvindo rádio ainda na década de 1950 quando estava no colegial.

Por ser bissexual assumido, enfrentou a fúria da família que o submeteu a um tratamento de choque para tentar supostamente curá-lo.

O início no rock começou, de fato, quando foi apresentado a John Cale, um músico galês que acabara de se mudar para Manhattan com a intenção de aprender novos elementos sonoros.

Os dois dividiram aparatamento e inciaram um processo criativo que mudaria para sempre a história do som alternativo nos Estados Unidos: o Velvet Underground.

Ao lado do guitarrista Sterling Morrison e da baterista Maureen Tucker, Reed e Cale montaram uma das mais influentes bandas de rock de todos os tempos.

O sucesso deles chamou a atenção do artista plástico Andy Warhol que deu novas dimensões à criatividade de Reed e insistiu que a banda gravasse com a ex-modelo alemã e cantora Nico.

Reed escreveu a maioria das canções do álbum pensando na voz de Nico e os dois chegaram a ter um breve relacionamento amoroso.

O disco, cuja capa ficou famosa por trazer uma obra de Warhol que representa uma banana, é considerado um dos registros mais importantes da música.

Confira uma pequena mostra da obra de Lou Reed:



COMPARTILHE