Black Sabbath já está entre nós

Willian Maier

Black Sabbath já está entre nós imagem divulgação

No início da noite desta terça-feira, o grupo britânico participou de uma coletiva de imprensa no Rio Janeiro para falar sobre sua turnê de shows em Porto Alegre (na quarta-feira, 9), em São Paulo (na sexta-feira,11), no Rio (no domingo, 13) e em Belo Horizonte (na terça-feira, 15) .

O único a não participar do encontro com os jornalistas foi Tony Iommi, guitarrista da banda. O músico, que está tratando um câncer desde o ano passado, não se sentiu bem.

Ozzy se mostrou bastante alegre com a chegada ao país e disse que a banda está feliz por poder mostrar agora as nossas novas músicas para o público brasileiro.

Ele revelou que a recepção da turnê tem sido melhor do que o grupo esperava e que no Brasil as apresentações devem ser maravilhosas.

Ozzy falou sobre as músicas e o relacionamento com os integrantes da banda e, lógico, sobre sua relação intensa com as drogas.

Ele declarou: “a melhor experiência nesses anos foi conhecer o LSD e a pior foi usá-lo”.

Perguntando sobre as lembranças que tem da gravação do clássico LP “Sabbath Bloddy Babatth”, há exatos 40 anos anos, Osbourne respondeu: “Eu não lembro de nada. Estava completamente louco”.



COMPARTILHE