Cores – Uma História Contada Em Preto e Branco

Redação 89

Cores – Uma História Contada Em Preto e Branco imagem divulgação

O diretor brasileiro Francisco Garcia dedicou seu primeiro longa-metragem, “Cores”, a falar sobre jovens na casa dos 30 para quem o crescimento econômico do Brasil não trouxe a oportunidade de um futuro melhor.

cO filme foi super bem criticado no Festival de San Sebastián e na Mostra Internacional de Cinema, no ano passado

Luca (31) é um tatuador e mora com sua avó. Ele mantém seu estúdio nos fundos da casa, em um bairro periférico da cidade. Luiz (29) mora em uma pensão no centro da cidade, faz bicos com sua moto e trabalha em uma drogaria. Luara (30), sua namorada, é uma garota que reside em um apartamento na frente do aeroporto e deposita todo seu tempo no trabalho em uma loja de peixes ornamentais para espantar a solidão e conseguir financiar uma viagem. A vida dos três amigos é marcada por uma rotina ordinária e pela alienação impregnada pela sociedade de consumo.

Eles são o reflexo da própria juventude brasileira. Longe de moralismos ou teorias deterministas, o objetivo é apenas apontar suas contradições, revelando que o maior sintoma da sociedade contemporânea é a falta de perspectiva.

Estreia dia 10 de maio no circuito comercial de cinemas do país.

Assista o trailler:

 



COMPARTILHE