Redação 89

Google revela pesquisa sobre moviegoers brasileiros

O Google lançou um estudo para compreender o perfil do público consumidor de cinema no Brasil, ou seja, os moviegoers.

Os dados são resultado de análises de dados da Busca do Google e do YouTube e de uma Google Consumer Survey (ferramenta de pesquisa on-line), que contemplou 2000 entrevistas.

O Brasil possui 131 milhões de brasileiros conectados, destes, 124 milhões estão nas plataformas Google, 103 milhões estão no YouTube e 42 milhões são potenciais consumidores de cinema.

E para entender quem são os moviegoers o Google divulgou os destaques da pesquisa, e revelou que escolher  o que assistir, é cada vez mais difícil: 60% dos brasileiros conectados declaram que precisam de ajuda na hora de escolher o que assistir.

Já buscar por o que assistir e termos relacionados cresceu 59% no último ano e especificamente sobre o que assistir no cinema e termos relacionados, cresceu 62%.

Veja os destaques da pesquisa abaixo:

• A pesquisa online é o principal recurso daqueles que buscam ajuda sobre o consumo de conteúdo, com 65% da preferência.

•O YouTube é o principal buscador para encontrar assuntos sobre novos conteúdos para 33,8% dos internautas, seguido de Google Search com 31,5%.

•O YouTube também é o principal lugar para descobrir novos conteúdos, com 35,1% da preferência, seguido de Google Search com 34,7%. No total, plataformas Google somadas são o principal meio para descoberta para 70% dos moviegoers conectados.

•Para 40% dos moviegoers, o YouTube é a plataforma para se informar e descobrir novos conteúdos de cinema.

•Para 65% dos moviegoers há interesse em consumir conteúdo extra, além do trailer, dos filmes antes de seus lançamentos, contudo 53% dos moviegoers interessados nesses conteúdos extras não vai atrás desse tipo de conteúdo. Já 70% dos moviegoers não sentem que ficam sabendo sobre esses conteúdos e 36% dos moviegoers conectados dizem que iriam mais ao cinema se tivessem mais informações sobre os filmes.

•O YouTube é um grande aliado para o público moviegoer, já que 51% das buscas são relacionadas a entretenimento e para 30% do público, a plataforma é onde ouvem pela primeira vez de um novo filme.

•São mais de 12 mil anos de conteúdo assistido nos principais canais de cinema no Brasil. Em 2016, esses canais apresentaram um crescimento de 221% em shares, 133% em likes, 177% em inscritos e 117% em comentários.

•No YouTube é possível avaliar o impacto do seu anúncio em alguns indicadores de marca para melhorar a eficácia da campanha, mesmo enquanto a campanha estiver no ar:
-Ad recall: os usuários impactados por campanhas de vídeo de lançamentos de filmes no YouTube tem em média 71% mais lembrança do filme do que os que não foram impactados com a campanha
-Consideração: em média, internautas expostos a campanhas no YouTube consideram 20% mais assistir ao filme comparado aos que não foram expostos
-Intenção de compra: em média quem foi exposto a campanhas no YouTube, considera 40% mais comprar ingressos para assistir ao filme comparado aos que não viram a campanha.

compartilhe
Comente